Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de junho de 2016, 15h32

Temer reduz em número e em remuneração “funcionários de confiança” de Dilma

O governo interino realocará integrantes do gabinete da presidenta afastada Dilma Rousseff para cargos com remuneração de menores valores, construindo uma base mais sólida para seu governo provisório.

O governo interino realocará integrantes do gabinete da presidenta Dilma Rousseff para cargos com remuneração de menores valores, construindo uma base mais sólida para seu governo provisório. Reestruturação reduzirá esses funcionários de 35 para 15

Por Redação

O presidente interino Michel Temer deverá realocar funcionários do gabinete pessoal de Dilma para funções que correspondam à DAS-4 ou DAS-5, cargos de menor remuneração e confiabilidade, se comparados ao DAS-6.

O primeiro reajuste aconteceu hoje, segunda-feira (13). O ex-assessor presidencial, Giles Azevedo, foi realocado para a Assessoria Especial de Subchefia de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais, cargo de nível DAS-5.

A medida de redução de 35 para 15 funcionários que auxiliem a presidenta Dilma Rousseff faz parte das medidas previstas no parecer da Casa Civil, as mesmas que impedem a presidenta de se deslocar utilizando aviões da Força Aérea Brasileira, salvo para Porto Alegre (RS) e Brasília (DF), onde tem família. Essas medidas são válidas até o parecer final após as votações do impeachment. A votação final está prevista para agosto.

Veja também:  Tic tac: Amazônia em chamas torna impeachment de Bolsonaro uma questão de tempo

Foto: Marcelo Camargo – Agência Brasil


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum