Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de novembro de 2016, 12h42

“Truculência típica de regime de exceção”, diz Wagner Moura sobre invasão da escola do MST

O ator gravou um vídeo se solidarizando com o movimento e repudiando a ação da polícia, que invadiu a Escola Nacional Florestan Fernandes, em São Paulo, usando arma de fogo e sem mandado de busca e apreensão. Assista

Por Redação

O ator Wagner Moura divulgou, há pouco, um vídeo em que condena a invasão da Polícia Civil na Escola Nacional Florestan Fernandes, do MST, em Guararema, São Paulo.

Os policiais teriam chegado por volta das 9h25 no local e teriam invadido a escola pulando o muro e a janela da recepção do prédio. Ao adentrar o espaço, passaram a atirar com armas letais. A ação não dispunha de mandado de busca e apreensão.

No vídeo, Wagner Moura diz repudiar a ação e afirma que a invasão foi de uma truculência “típica de um regime de exceção”.

“Se alguém tinha dúvidas que o Brasil vive um estado de exceção, a invasão da escola Florestan Fernandes pela polícia é uma demonstração covarde de truculência típica de regime de exceção”.

Assista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum