terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Trump abandona coletiva às pressas após tiroteio próximo a Casa Branca

Um tiroteio nos arredores da Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos, obrigou o presidente Donald Trump a acionar o operativo emergencial de segurança, e reforçar a defesa do edifício.

A notícia ainda é recente e carece de maiores detalhes. O que se sabe é que houve uma troca de tiros em uma região próxima ao edifício presidencial. Aparentemente, membros do serviço secreto estadunidense estariam envolvidos no tiroteio, mas não há nenhuma precisão sobre que outro grupo teria participado, e por qual motivo.

A situação veio à tona há poucos minutos atrás, quando Trump foi retirado abruptamente da sala de imprensa, interrompendo uma coletiva, sem que houvesse maiores explicações e apesar das perguntas dos jornalistas sobre o que estaria acontecendo.

Minutos depois, um funcionário da Casa Branca explicou apenas que houve um tiroteio e que um homem havia sido ferido, mas, novamente, sem dar maiores detalhes.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).