Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Um ano da morte de Keno

Nesta terça-feira, 21, diversas organizações de todo o estado se reunirão em Cascavel para fazer uma homenagem ao trabalhador rural Keno, executado por uma milícia armada no Centro Experimental da Syngenta há um ano. A rede de direitos humanos Plataforma Dhesca Brasil irá aproveitar a ocasião para lançar o relatório que investigou o ataque da empresa de segurança NF, contratada pela Syngenta Seeds, ao acampamento montado pela Via Campesina, que resultou na morte trágica de duas pessoas, com outras cinco feridas. O relatório da Plataforma Dhesca Brasil aborda também o plantio ilegal de transgênico, a ocupação da área pela Via Campesina e os encaminhamentos dados pelo Poder Judiciário do Paraná, que criminalizou os líderes dos movimentos atacados pela milícia.
O relatório foi feito a partir de uma missão da Plataforma Dhesca Brasil, realizada em março deste ano, com a presença dos relatores Clóvis Zimmermann (Alimentação e Terra Rural) e Marijane Lisboa (Meio Ambiente). A denúncia para a rede foi apresentada pelo CONSEA, Fórum Estadual de Segurança Alimentar e pela organização de direitos humanos Terra de Direitos.

Leia o relatório na íntegra.

Leia também

Syngenta abandona área de experimentos ilegais com transgênicos Por Renato Godoy de ToledoApós dois anos, três ocupações e a morte de um militante, transnacional suíça cede terra ao governo do Estado

Via Campesina produz documentário sobre morte de militante
Valmir Mota de Oliveira, o Keno, assassinado em 21 de outubro de 2007, por seguranças da transnacional suíça Syngenta Seeds, em Santa Tereza do Oeste, no estado do Paraná

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags