Fórumcast #19
31 de maio de 2016, 12h49

Vale adultera registros de lama em relatórios após tragédia no Rio Doce

Empresa, dona da Samarco, diminuiu os números sobre o volume de lama que despejava no rio

Por Redação

A Polícia Federal apontou em relatório que a Vale adulterou registros sobre a quantidade de lama jogada na barragem de Fundão, que rompeu em Mariana, constituindo uma das maiores tragédias ambientais da história. Segundo a PF, as modificações foram feitas com o intuito de confundir as investigações.

Esta não foi a primeira vez que a Vale foi acusada de atrapalhar o andamento das investigações. Em dezembro, a empresa fez com que fiscais do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), órgão nacional que fiscaliza a produção e exploração de minérios, ficassem esperando por horas pela presença de um técnico que não apareceu. No fim, eles foram acompanhados por um geólogo que não conseguiu esclarecer nenhuma dúvida dos fiscais.

Para a PF, a Vale decidiu alterar os registros porque o valor da multa por alteração, apenas R$ 2.600, é mínimo diante dos lucros da mineradora. Em nota, a companhia afirma que as alterações são “correções” e que a empresa nunca “tentou atrapalhar ou confundir qualquer ato realizado pelo órgão fiscalizador”.

Veja também:  Augusto Nunes foge do debate com Glenn e ataca sua paternidade

Foto de capa: Antonio Cruz/Agência Brasil


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum