Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de setembro de 2019, 18h40

Véio da Havan ataca Ministério Público e polícia em novo vídeo

Luciano Hang expôs e gritou críticas a um dos policiais que foi realizar vistoria em obra de construção de uma loja Havan

Luciano Hang, o “Véio da Havan”, publicou um vídeo em suas redes sociais atacando o Ministério Público e a Polícia Militar. Hang, que se posta como um dos defensores mais fervorosos de Jair Bolsonaro, costuma defender a polícia em suas redes sociais.

No vídeo que foi publicado no Twitter, o Véio da Havan aparece em frente a construção de uma filial da sua rede de lojas. Tanto na legenda quanto nas imagens, Hang aparece indignado.

“Acabei de postar um vídeo da obra em Balneário Camboriú e chega a PM querendo embargar porque estamos trabalhando no final de semana”, disse Hang. “O promotor Isaac Sabbá está perseguindo a Havan. Alguns promotores acham que são deuses. Eles esquecem que quem está desempregado tem pressa.”

Durante o vídeo, ele chegou a expôr um dos policiais, gritando: “Aí eu vejo aqui a polícia, a polícia militar. Vindo notificar a empresa porque estamos trabalhando! Ministério Público, que vergonha! Vocês aqui em Balneário Camboriú estão nos massacrando! Qual é o verdadeiro motivo?”

Confira o vídeo:

Luciano Hang possui uma dívida pública no valor de R$ 168 milhões, mas ainda não a pagou, embora realize compras em valores de mais de R$ 250 milhões.

Recentemente, o Véio da Havan virou piada nas redes sociais por ter utilizado um terno nas cores do Brasil durante desfile no dia 7 de setembro. As roupas foram até comentadas pelo ex-presidente Lula, que apontou que Hang parecia “o Louro José” vestido daquela maneira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum