Veja como estão as buscas no Google relacionadas às principais disputas

Em boa parte dos casos, internautas procuram o número do candidato para votar; resultado não serve como parâmetro para saber quem é o favorito na eleição

A Fórum analisou como estão os resultados de buscas no Google dos principais candidatos do campo progressista que disputam neste domingo (29) prefeituras pelo país.

Em boa parte dos resultados, é possível detectar que os eleitores estão fazendo as buscas principalmente para saber os números eleitorais dos candidatos.

Os resultados não servem como parâmetro para avaliar quem é favorito em cada cidade a ganhar a eleição.

Os resultados se referem à porcentagem que os candidatos alcançaram em determinado horário em relação ao pico de buscas pelos termos, considerado o 100% pelo Google.

Em São Paulo, por exemplo, as buscas por Guilherme Boulos (PSOL) eram maiores do que as por Bruno Covas (PSDB) até por volta das 5h30 deste domingo. Nesse horário, o Google mostra aumento das procuras pelos nomes dos dois candidatos à Prefeitura de São Paulo, com o tucano passando à frente do psolista.  Às 13h40, Covas tinha 63% das buscas e Boulos, 45%, em relação ao pico de procuras (considerado o 100%) apresentado na pesquisa.

As cinco principais buscas relativas a Covas se referiam ao número que deveria ser digitado na urna eletrônica para votar no candidato.

Já no caso de Boulos, quatro eram sobre o número de votação e uma se referia a Esper Kallas, o infectologista que o atendeu em casa neste sábado (28). Boulos teve o diagnóstico de Covid confirmado nesta sexta-feira (27).

Recife

A disputa por interesse no Google dos candidatos à Prefeitura do Recife mostrou-se acirrada, com os gráficos de Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB) fazendo as mesmas curvas, mas sempre com a petista à frente. Às 13h40 deste domingo, o “placar” era de 35% para Marília e 12% para Campos.

As buscas que resultaram no pessebista eram em geral relacionadas a sua coligação ou seu número, enquanto no caso da petista os internautas tinham procurado temas distintos e chegaram a páginas ou publicações sobre a candidata.

Porto Alegre

A candidata do PCdoB à Prefeitura de Porto Alegre, Manuela D’Ávila, esteve à frente de seu adversário, Sebastião Melo (MDB), nas buscas do Google nas últimas 24 horas. O mecanismo alerta que a comparação contém termos de pesquisa e tópicos, que são medidos de maneira diferente.

Às 13h40, Manuela as pesquisas sobre Manuela chegavam a 61% (em relação ao pico de das buscas). Melo aparecia com 6%.

Quatro das cinco principais pesquisas relacionadas a Melo se referem a seu número eleitoral e uma a suas propostas. Em relação a Manuela, há diversos temas relacionados às buscas sobre ela.

Vitória

João Coser, candidato do PT à Prefeitura de Vitória, foi mais buscado que seu concorrente, Delegado Pazolini (Republicanos), em quase todo o período das últimas 24 horas. Só ficou atrás às 12h44. Às 13h48 deste domingo (29), o petista recebia 45% dos resultados relacionados, contra 8% do republicano.

O petista guarda uma curiosidade. Das cinco pesquisas que mais levaram a seu nome, nenhuma se relacionava com o número a ser digitado para votar nele. Além do termo João Coser 2020, as demais se relacionavam aos psolistas Guilherme Boulos e Edmilson Rodrigues, à petista Maríia Arraes e ao site DCM . Já quem buscava por Pazolini queria saber seu número ou seu partido.

Fortaleza

Na capital cearense, as buscas feitas pelo nome do candidato do PDT José Sarto foram maiores em quase todo o período de 24 horas. Seu concorrente, o Capitão Wagner (Pros), apoiado nominalmente pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), só esteve à frente às 4h20, com 33 a 17. Às 13h24, o pedetista marcava 60% contra 20% do bolsonarista.

As cinco principais pesquisas sobre Sarto incluíam dúvidas sobre seu número eleitoral. Já entre as de Wagner, uma curiosidade: um dos termos associados às buscas incluíam a candidata petista no Recife, Marília Arraes.

Belém

Edmilson (PSOL) esteve sempre à frente nos interesses dos internautas que procuraram os nomes dos candidatos à Prefeitura de Belém. Às 13h32, as buscas por seu nome ou tópicos a ele relacionados marcavam 63% contra 5% de seu concorrente, Delegado Eguchi (Patriota).

As pesquisas que levaram a Edilson traziam variados termos, como seu partido, o jornal Folha de São Paulo e seu nome associado ao PSOL e Belém. Já para chegar a Eguchi os usuários estavam procurando quem eram os candidatos à Prefeitura de Belém.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR