Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de setembro de 2016, 13h07

Verissimo: Teve cara de golpe, cheiro de golpe e penteado de golpe

Escritor ironiza quem protesta contra a palavra golpe e levanta questões importantes: "Por que o Tribunal de Contas da União acordou do seu sono profundo para examinar as contas de Dilma, depois de ignorar as contas de todos os presidentes do Brasil desde o Getúlio Vargas?".

Escritor ironiza quem protesta contra a palavra golpe e levanta questões importantes: “Por que o Tribunal de Contas da União acordou do seu sono profundo para examinar as contas de Dilma, depois de ignorar as contas de todos os presidentes do Brasil desde o Getúlio Vargas?”

Por Brasil 247

Em artigo publicado neste domingo, o escritor Luis Fernando Verissimo ironizou quem protesta contra o uso da palavra golpe para definir o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“Teve cara de golpe, cheiro de golpe, penteado de golpe, mas há controvérsias”, escreveu.

Verissimo também levantou questões importantes. “Por que o Tribunal de Contas da União acordou do seu sono profundo para examinar as contas de Dilma, depois de ignorar as contas de todos os presidentes do Brasil desde o Getúlio Vargas?”, questionou.

Ele disse ainda que Michel Temer escreveu uma cartinha dizendo-se decorativo e ganhou de presente um país inteiro.

Leia o texto na íntegra aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum