Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de janeiro de 2020, 06h37

Vídeo: caminhão da polícia atropela e mata torcedor do Colo-Colo em ato após jogo no Chile

O atropelamento aconteceu durante a primeira rodada do Campeonato Chileno, quando torcedores do Colo Colo iniciaram um ato contra o governo neoliberal de Sebastián Piñera na porta do estádio Monumental, em Santiago

Momento em que o torcedor do Colo-Colo é impactado pelo carro policial (Foto: reprodução)

Um torcedor do Colo-Colo morreu atropelado na noite desta terça-feira (28), vítima da ação de um carro policial, que avançou contra os torcedores que se manifestavam do lado de fora do Estádio Monumental, casa do alvinegro de Santiago.

Seu nome era Jorge Mora, apelido Neco, morava no bairro de Pudahuel, na periferia da capital chilena, e era tatuador. O veículo que o atropelou é um caminhão de transporte de cavalos para a polícia montada – muito utilizada no Chile durante partidas de futebol.

Outro torcedor do Colo-Colo estava filmando a manifestação e captou o exato momento em que Mora foi atropelado pelo carro policial, que dirigia em alta velocidade, e impacta de frente com a vítima, que é jogada longe. O vídeo é estarrecedor:

O assassinato aconteceu durante a primeira rodada do Campeonato Chileno 2020, após a partida Colo-Colo 3×0 Palestino, quando os torcedores do time da casa decidiram sair do estádio com os gritos típicos da revolta social que tomou conta do país nos últimos meses, numa espécie de manifestação improvisada.

Alguns dos gritos criticavam o governo e o atuar repressivo da polícia, além de clamar pela renúncia do presidente Sebastián Piñera e entoar o “Piñera, fdp, assassino igual ao Pinochet”, como na partida semifinal da Copa Chile, na semana passada, quando cantaram essa canção junto com a torcida rival, da Universidad Católica.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum