Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de agosto de 2016, 18h06

Violência policial contra negros coloca EUA à beira de guerra civil

Jovem em “atitude ameaçadora” e supostamente armado foi assassinado por policiais em Milwaukee causando rebelião de parte da população

Por Rede Brasil Atual

A morte de mais um jovem negro, na cidade americana de Milwaukee, no sábado (13), fez subir mais uma vez a temperatura em torno das questões raciais nos Estados Unidos. Policiais assassinaram um homem de 23 anos, sob a alegação de que estaria armado e em atitude ameaçadora.

Em protesto, a população se insurgiu, incendiando postos de gasolina, atacando lojas e outras dependências. A cidade de Milwaukee, no estado de Wisconsin, tem cerca de 600 mil habitantes e expressiva população negra.

O correspondente internacional da Rede Brasil Atual, Flávio Aguiar, diz que o caso mostra que os Estados Unidos “estão em situação de quase guerra civil em torno das tensões de origem racial”.

Os casos de violência policial contra a juventude negra vêm ganhando maior repercussão, nos Estados Unidos, desde 2014, quando a morte do jovem Michael Brown deu origem à mobilização Black Lives Matter (Vidas dos Negros Importam), denunciando as práticas racistas das forças policiais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum