terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Weintraub é aceito para a diretoria do Conselho do Banco Mundial

Um comunicado divulgado na noite desta quinta-feira (30) pelo Banco Mundial confirmou que o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi aceito para o cargo de diretor-executivo do conselho da instituição.

O texto do comunicado diz que “o Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub foi eleito pelo grupo de países, representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Trinidad e Tobago, Panamá, Filipinas e Suriname, para ser Diretor Executivo no Conselho”.

O documento também esclarece que o ex-ministro permanecerá no cargo durante apenas 3 meses. “O Sr. Weintraub deve assumir seu cargo na primeira semana de agosto, e cumprirá o atual mandato que termina em 31 de outubro de 2020, quando a posição será novamente aberta para eleição”, indica.

O comunicado também salienta que a presença de Weintraub no Conselho não o torna funcionário do banco. “Diretores Executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas”, explica.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).