Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de fevereiro de 2020, 19h27

Youtuber é acusado de abusar de mulheres adultas e meninas menores de idade

"Muca Muriçoca" foi exposto por dossiê com prints de conversas e relatos. O caso foi levado ao Ministério Público

Um Youtuber de “humor” foi exposto pelo grupo hacker Sheoul666 na última terça (4). Murilo Cervi, conhecido como Muca Muriçoca, que tem mais de 7 milhões de inscritos em seu canal, teria abusado de diversas mulheres e meninas. muitas menores de idade, quase todas embriagadas. O grupo traz um dossiê com prints, áudios e toda uma narrativa explicando o contexto dos abusos:

“Essa é uma história de como a influência e o dinheiro abrem caminho para a sensação de impunidade, de como muitas vezes pessoas que são idolatradas por uma comunidade estão, ao mesmo tempo, vivendo uma vida sombria e cheia de culpas em paralelo à sua boa postura na frente das câmeras e feeds de redes sociais”

As “provas” reunidas são de embrulhar o estômago. As garotas relatam um modus operandi: o humorista as conhecia em eventos de anime, com público majoritariamente adolescente, elas tiravam fotos, ele as adicionava e chamava para beber. Garotas de 12, 13, 14 anos levadas a festas, bares e hotéis enviaram prints de conversas e áudios.

Murilo se defendeu dizendo que sempre que “ficou” com alguém, estava embriagado. Disse também que nunca encostou o dedo em uma criança, mas isso é posto em cheque com os relatos das adolescentes.

Reprodução/Twitter @Sheol666

Reprodução/Twitter @Sheol666

Todos os prints estão reunidos neste site.

Segundo o grupo, uma denúncia foi envidada ao Ministério Público.

 

 

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum