Blog do Emerson Damasceno

01 de fevereiro de 2016, 09h48

O Crime de Lula é ser o Lula

Lula sendo Lula

Lula sendo Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nunca foi condenado em seus mais de 70 anos de vida.

Ele nunca foi réu em processo que envolva corrupção.

No entanto, Lula cometeu um crime grave: ele ousou ser uma espécie de herói acidental da pobreza.

Isso ninguém admite.

Retirante, fugido com a família da seca nordestina, operário e líder sindical, ele ousou ser Presidente do Brasil por um partido de esquerda. E foi.

No rol de disparates de Lula, afrontas imperdoáveis às classes dominantes tupiniquins, alguns milhões retirados da pobreza absoluta. A transposição das águas do Rio São Francisco. O Brasil no BRICS e mundo afora. O adeus ao FMI. O “rótulo” de melhor presidente da História e seríssimo candidato a Presidente em 2018.

Nesse diapasão, o crime envolve um “triplex” de 80 metros quadrados no Guarujá-SP, imóvel que ele nunca de fato teve. Um “iate” que não passa de um barco de lata. Um sítio que ele também não é dono, mas ousou frequentar e carregar por lá um isopor de cerveja  nos ombros.

Veja também:  Bolsominions tentam impedir fala de Glenn Greenwald em evento paralelo à Flip

Na folha corrida de Lula, um rol de títulos de Doutor Honoris Causa que ele nunca deu mais valor do que as mais de 400 escolas técnicas e 18 universidades Federais que ele construiu. Um “analfabeto” iconoclasta, esse Lula.

O ódio a Lula se verifica quando não há paridade de armas, é o velho e bom ódio de classe. Ele é o mais perseguido, sem dó, por boa parte da mídia. Ele acorda diariamente tendo que provar a honestidade, quando outros adversários vão dormir sabendo que se não for nada muito bem provado contra si, não precisarão se preocupar com nada. Até porque para boa parte das tais elites, Lula estará sempre errado até mesmo se provar o contrário.

O ódio é tanto que este texto também será odiado, apesar de ser um oásis em meio ao deserto inquisitório.

A falta de isonomia por parte dessa mídia, faz com que qualquer suspeita, qualquer ato – por mais legítimo que seja por parte do Ministério Público ou do Judiciário – pareça uma condenação eterna.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro na embaixada dos EUA pode ser enquadrado como nepotismo, diz Marco Aurélio, do STF

No final das contas, o grande crime de Lula é ser ele mesmo.

Porque neste País tudo se perdoa, menos o Lula ser o Lula.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags