Imprensa livre e independente
14 de fevereiro de 2017, 09h35

O vídeo de Doria bota SP à venda pros gringos

O prefeito João Doria acaba de lançar um vídeo promocional que, literalmente, coloca São Paulo, com todos os seus serviços essenciais, à venda. Veja aqui.

O prefeito João Doria acaba de lançar um vídeo promocional que, literalmente, coloca São Paulo, com todos os seus serviços essenciais, à venda. Veja aqui. Da Redação O prefeito João Doria acaba de lançar um vídeo promocional que, literalmente, coloca São Paulo com todos os seus serviços essenciais à venda. A apresentação faz a canção de Raul Seixas “Aluga-se” parecer brincadeira de criança: “Nós não vamos pagar nada/É tudo free!/Tá na hora agora é free/Vamo embora/Dá lugar pros gringo entrar/Esse imóvel tá pra alugar”. O grande problema é que, ao contrário do Raulzito, Doria não aluga, mas entrega de vez...

O prefeito João Doria acaba de lançar um vídeo promocional que, literalmente, coloca São Paulo, com todos os seus serviços essenciais, à venda. Veja aqui.

Da Redação

O prefeito João Doria acaba de lançar um vídeo promocional que, literalmente, coloca São Paulo com todos os seus serviços essenciais à venda. A apresentação faz a canção de Raul Seixas “Aluga-se” parecer brincadeira de criança: “Nós não vamos pagar nada/É tudo free!/Tá na hora agora é free/Vamo embora/Dá lugar pros gringo entrar/Esse imóvel tá pra alugar”.

O grande problema é que, ao contrário do Raulzito, Doria não aluga, mas entrega de vez a cidade, inteira ou aos pedaços: Anhembi (com o Sambódromo junto, Autódromo de Interlagos, Estádio do Pacaembu e até serviços funerários). “Os estrangeiros, eu sei que eles vão gostar”. O mercado principalmente.

 

Veja também:  Plenário da Câmara aprova Reforma da Previdência em 1º turno

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum