Imprensa livre e independente
03 de novembro de 2016, 12h44

#OcupeTudo: Site reúne dados, pesquisas, dicas e materiais para lutar contra o golpe na educação

A ideia, de acordo com os criadores do site, é reunir dados e materiais explicativos sobre os diversos ataques que a educação vem sofrendo por meio de propostas como o “Escola sem partido” ou a PEC 241. Há, ainda, um mapeamento das escolas, universidades e institutos ocupados e dicas de organização e mobilização Por Redação Foi lançado nesta quinta-feira (3) o site OcupeTudo, uma iniciativa do Levante Popular da Juventude que visa reunir dados sobre os recentes ataques que a área da educação vem sofrendo no país desde o início governo de Michel Temer. Ainda em construção, o site conta...

A ideia, de acordo com os criadores do site, é reunir dados e materiais explicativos sobre os diversos ataques que a educação vem sofrendo por meio de propostas como o “Escola sem partido” ou a PEC 241. Há, ainda, um mapeamento das escolas, universidades e institutos ocupados e dicas de organização e mobilização

Por Redação

Foi lançado nesta quinta-feira (3) o site OcupeTudo, uma iniciativa do Levante Popular da Juventude que visa reunir dados sobre os recentes ataques que a área da educação vem sofrendo no país desde o início governo de Michel Temer.

Ainda em construção, o site conta com textos explicativos, manuais e pesquisas que servem de apoio na mobilização de estudantes e da sociedade civil como um todo contra os retrocessos que podem ser impostos na área da educação através de medidas como a PEC 241 e o projeto “Escola sem partido”. Há, inclusive, textos explicativos sobre cada uma dessas propostas.

O site apresenta ainda um mapeamento com todas as escolas, universidades e institutos ocupados por estudantes e fornece orientações de organização e mobilização.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro manda ministra Damares indeferir indenização a Dilma por perseguição na ditadura

Qualquer pessoa pode contribuir com o site enviando materiais, fotos ou novos textos e pesquisas.

Leia também

Maria do Rosário sobre ocupações de estudantes: “É um movimento profundamente pedagógico para todos”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum