Imprensa livre e independente
20 de setembro de 2007, 19h17

Oded Grajew faz críticas ao Senado em reunião do Conselho de Desenvolvimento

Ex-integrante do governo Lula, aproveitou reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social para criticar a absolvição do presidente Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)

Ex-integrante do governo Lula, aproveitou reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social para criticar a absolvição do presidente Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) Por Luciana Vasconcelos O conselheiro Oded Grajew, ex-integrante do governo Lula, aproveitou reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social para criticar a absolvição do presidente Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre o primeiro processo de cassação. “Como o clima é de otimismo, não vou pedir um minuto de silêncio pelo falecimento ético e moral do Senado”, afirmou. Em entrevista a imprensa, ele disse que a nação está de luto. “Acho que o problema do Senado é problema...

Ex-integrante do governo Lula, aproveitou reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social para criticar a absolvição do presidente Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)

Por Luciana Vasconcelos

O conselheiro Oded Grajew, ex-integrante do governo Lula, aproveitou reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social para criticar a absolvição do presidente Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre o primeiro processo de cassação. “Como o clima é de otimismo, não vou pedir um minuto de silêncio pelo falecimento ético e moral do Senado”, afirmou.

Em entrevista a imprensa, ele disse que a nação está de luto. “Acho que o problema do Senado é problema de todo brasileiro, não só do presidente da República, porque é uma instituição importante, uma instituição que representa os estados, é uma instituição de muita visibilidade. Todos deveriam se manifestar. Se todos se manifestassem, e todos agissem como cidadãos, acho que nossa situação seria bem melhor para o país”, afirmou.

O ministro de Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia, que coordena os trabalhados do Conselhos de Desenvolvimento, preferiu não comentar a declaração do conselheiro e disse que o espaço é aberto ao diálogo. “Não posso emitir nenhum juízo de valor sobre opinião dos conselheiros. É um espaço livre, de diálogo”, disse.

Veja também:  Janaína Paschoal: Decisão de Toffoli pró-Flávio Bolsonaro é "derrota na guerra contra a corrupção"

Nesta quinta-feira, 20, a Mesa Diretora do Senado decidiu encaminhar, por unanimidade, mais uma representação do P-SOL ao Conselho de Ética para investigar Renan. Este será o quarto processo que Renan terá de enfrentar na Casa. O Conselho de Ética vai investigar a denúncia de que o presidente teria participação em esquema de corrupção em ministérios comandados por seu partido.

Agência Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum