Imprensa livre e independente
10 de julho de 2019, 20h51

Oito deputados do PDT, incluindo Tabata, votaram a favor da reforma da Previdência de Bolsonaro

Além de Tabata Amaral, que divulgou um vídeo antes da votação para tentar justificar seu voto, outros deputados não seguiram a orientação do partido

O presidente do PDT, Carlos Luppi (Foto: Divulgação/PDT)
Caso a Executiva Nacional do PDT resolva cumprir a promessa de expulsar os deputados que votassem a favor da reforma da Previdência, elaborada pelo governo Bolsonaro, o partido terá uma baixa de oito parlamentares. Além de Tabata Amaral (SP), que divulgou um vídeo antes da votação para tentar justificar seu voto, outros deputados não seguiram a orientação do partido. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo. São eles: Alex Santana (BA), Flávio Nogueira (PI), Gil Cutrim (MA), Jesus Sérgio (AC), Marlon Santos (RS), Silvia Cristina (RO), Subtenente Gonzaga (MG) e Tabata...

Caso a Executiva Nacional do PDT resolva cumprir a promessa de expulsar os deputados que votassem a favor da reforma da Previdência, elaborada pelo governo Bolsonaro, o partido terá uma baixa de oito parlamentares.

Além de Tabata Amaral (SP), que divulgou um vídeo antes da votação para tentar justificar seu voto, outros deputados não seguiram a orientação do partido.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

São eles: Alex Santana (BA), Flávio Nogueira (PI), Gil Cutrim (MA), Jesus Sérgio (AC), Marlon Santos (RS), Silvia Cristina (RO), Subtenente Gonzaga (MG) e Tabata Amaral (SP).

Durante reunião da bancada do PDT na Câmara, nesta terça-feira (9), o presidente do partido, Carlos Luppi, teria deixado claro que quem votasse favoravelmente ao projeto do governo estaria arriscando ser expulso da sigla.

Ciro Gomes, candidato à presidência pelo partido, demonstrou ser favorável à medida, e teria ligado para Tabata pedindo que ela seguisse a determinação do partido, o que acabou não acontecendo.

Veja também:  Após decisão de Toffoli, MP-RJ pede permissão para continuar investigação no caso Queiroz/Coaf

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum