Imprensa livre e independente
04 de agosto de 2015, 13h41

Olavo de Carvalho acusa Facebook de ‘censura ideológica’

Ícone da extrema direita no país, o professor sofreu um bloqueio de 29 dias na rede social após denúncias por postagens imorais e ofensivas; em sua fanpage, seguidores prometem abandonar o Facebook em protesto e migrar para a rede que Carvalho disse que iria criar. Já existe até campanha #SomosTodosOlavoDeCarvalho

Ícone da extrema direita no país, o professor sofreu um bloqueio de 29 dias na rede social após denúncias por postagens imorais e ofensivas; em sua  fanpage, seguidores prometem abandonar o Facebook em protesto e migrar para a rede que Carvalho disse que iria criar. Já existe até campanha #SomosTodosOlavoDeCarvalho Por Redação Professor de ideias peculiares – como a de que o Brasil vive um regime bolivariano –   Olavo de Carvalho acredita que o Facebook exerça um “poder totalitário” alinhado ao governo federal brasileiro. Ele sofreu, nesta segunda-feira (3), um bloqueio temporário de 29 dias da rede social após denúncias...

Ícone da extrema direita no país, o professor sofreu um bloqueio de 29 dias na rede social após denúncias por postagens imorais e ofensivas; em sua  fanpage, seguidores prometem abandonar o Facebook em protesto e migrar para a rede que Carvalho disse que iria criar. Já existe até campanha #SomosTodosOlavoDeCarvalho

Por Redação

Professor de ideias peculiares – como a de que o Brasil vive um regime bolivariano –   Olavo de Carvalho acredita que o Facebook exerça um “poder totalitário” alinhado ao governo federal brasileiro. Ele sofreu, nesta segunda-feira (3), um bloqueio temporário de 29 dias da rede social após denúncias por postagens consideradas ofensivas e acredita que a “censura” tenha sido uma forma encontrada pela empresa de Marck Zuckerberg de calá-lo “justamente nas semanas em que vão ocorrer grandes manifestações”.

Opositor ferrenho do governo Dilma e defensor do impeachment, Olavo de Carvalho tem mais de 200 mil seguidores em sua fanpage que era composta, majoritariamente, por posts anti-governo. Agora sua timeline está repleta de manifestações de apoio de seus seguidores, que já criaram inclusive campanhas como a ‘Somos Todos Olavo de Carvalho’.

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Entre as mensagens dos seguidores, uma das mais recorrentes é a de que, em protesto, deixarão o Facebook. O próprio Olavo de Carvalho, segundo seu filho, anunciou que abandonaria a plataforma e criaria sua própria rede.

Veja também:  Argentina começa hoje campanha presidencial em meio a crise econômica

pedrolavo

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum