Imprensa livre e independente
26 de junho de 2019, 20h10

ONU classifica Bolsonaro como uma das lideranças mundiais “fracassadas”

A conclusão foi tirada de um levantamento a respeito do impacto das mudanças climáticas na parcela mais pobre da população mundial

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um documento, no qual menciona Jair Bolsonaro e o classifica como uma das lideranças “fracassadas”. A conclusão foi tirada de um levantamento a respeito do impacto das mudanças climáticas na parcela mais pobre da população mundial. Além de Bolsonaro, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos e grande ídolo do brasileiro, apareceu na lista. O governo chinês, sem citação de nomes, também foi lembrado. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo O relator especial da ONU sobre pobreza extrema e direitos humanos, Philip Alston,...

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um documento, no qual menciona Jair Bolsonaro e o classifica como uma das lideranças “fracassadas”. A conclusão foi tirada de um levantamento a respeito do impacto das mudanças climáticas na parcela mais pobre da população mundial.

Além de Bolsonaro, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos e grande ídolo do brasileiro, apareceu na lista. O governo chinês, sem citação de nomes, também foi lembrado.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

O relator especial da ONU sobre pobreza extrema e direitos humanos, Philip Alston, declarou, no documento, que as lideranças mencionadas são um “fracasso”. Ele fez críticas duras especificamente contra Bolsonaro, de acordo com informações de Helena Borges, em O Globo.

“Ainda hoje, muitos países estão dando passos de pouca visão e na direção errada. No Brasil, o presidente Bolsonaro prometeu abrir a Floresta Amazônica para a mineração, acabar com a demarcação de terras indígenas e enfraquecer as agências de proteção ambiental”, disse o relator.

Veja também:  Dirigente do PT lança Haddad presidente do partido: "presente ao povo brasileiro e à democracia"

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) tuitou a respeito do assunto:

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum