Imprensa livre e independente
21 de maio de 2012, 18h10

Os “doutores da ditadura” são tema da edição 110 de Fórum

Matéria mostra como os médicos que produziam laudos com o objetivo de inocentar agentes da ditadura operavam no que pode ser considerado o fim da linha de produção do sistema de violência do regime

Matéria mostra como os médicos que produziam laudos com o objetivo de inocentar agentes da ditadura operavam no que pode ser considerado o fim da linha de produção do sistema de violência do regime Por Mikaele Teodoro Lourenço A edição de maio da revista Fórum, nas bancas, traz como tema o papel dos médicos no regime militar. A matéria de Pedro Venceslau mostra como os médicos que produziam laudos com o objetivo de inocentar agentes da ditadura operavam no que pode ser considerado o fim da linha de produção do sistema de violência do regime. Venceslau entrevista também um dos integrantes...

Matéria mostra como os médicos que produziam laudos com o objetivo de inocentar agentes da ditadura operavam no que pode ser considerado o fim da linha de produção do sistema de violência do regime

Por Mikaele Teodoro Lourenço

A edição de maio da revista Fórum, nas bancas, traz como tema o papel dos médicos no regime militar. A matéria de Pedro Venceslau mostra como os médicos que produziam laudos com o objetivo de inocentar agentes da ditadura operavam no que pode ser considerado o fim da linha de produção do sistema de violência do regime. Venceslau entrevista também um dos integrantes da Frente do Esculacho Popular, que organizou uma manifestação em frente à casa do legista Harry Shibata, e um dos autores do livroMemórias de uma Guerra Suja, que traz o depoimento do ex-delegado do Dops Cláudio Guerra.

Reportagem de Igor Carvalho fala sobre o alto número de incêndios nas favelas de São Paulo e sobre como eles têm servido aos interesses da especulação imobiliária. Entre 2008 e 2010, foram 322 casos em favelas paulistas, de acordo com dados do corpo de bombeiros.

Veja também:  Presidente da UNE denuncia violência durante ato em frente ao MEC

Fórum também reportagem de Lídia Amorim sobre o que os bolivianos chamam de “Outubro Negro”, uma sequência de manifestações populares duramente reprimidas pelo governo que deixou 67 mortos na Bolívia, em 2003. Por conta disso, continua a luta dos bolivianos pela extradição do ex-presidente Gonzalo Sanches Lozada, o Goni, considerado o maior responsável pela carnificina.

Confira a estreia da série Mitos do Sertão, com reportagem de José Paulo Borges e imagens de Jesus Carlos. Na primeira matéria, Fórum refaz as principais passagens de Lampião, cangaceiro cujo legado se faz presente em vários locais do sertão nordestino.

Túlio Vianna fala sobre a importância dos símbolos para a efetivação da democracia e a edição de julho marca ainda a estreia de Dennis de Oliveira, professor de Jornalismo da Universidade de São Paulo, em sua coluna Quilombo.

Veja também reportagens e artigos de Marcio Pochmann, Mouzar Benedito, Pablo Gentili, Pedro Alexandre Sanches, Adriana Delorenzo, Glauco Faria e Sucena Shkrada Resk.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum