Imprensa livre e independente
27 de março de 2018, 12h39

Pablo Villaça: “O problema de ‘O Mecanismo’ não é ser de direita. É ser muito ruim”

Ao deixar o Netflix, Pablo aproveitou para indicar vários outros serviços de Streaming

O jornalista e editor da Fórum, Renato Rovai, entrevistou, na noite desta segunda-feira (26), o crítico de cinema, professor e editor do site “Cinema em Cena”, Pablo Villaça. O crítico é um dos mais respeitados do país e seu site, fundado em 1997, é o mais antigo sobre o assunto da internet brasileira. Pablo foi um dos primeiros a reagir negativamente à série “O mecanismo”, de José Padilha e, consequentemente, anunciar o cancelamento de sua conta no Netflix. Sobre a série “O Mecanismo”, Villaça ressaltou que, “apesar de considerar o Paulo Padilha um grande cineasta, a série, a despeito de...

O jornalista e editor da Fórum, Renato Rovai, entrevistou, na noite desta segunda-feira (26), o crítico de cinema, professor e editor do site “Cinema em Cena”, Pablo Villaça. O crítico é um dos mais respeitados do país e seu site, fundado em 1997, é o mais antigo sobre o assunto da internet brasileira. Pablo foi um dos primeiros a reagir negativamente à série “O mecanismo”, de José Padilha e, consequentemente, anunciar o cancelamento de sua conta no Netflix.

Sobre a série “O Mecanismo”, Villaça ressaltou que, “apesar de considerar o Paulo Padilha um grande cineasta, a série, a despeito de ser conservadora e de direita – com todo o direito de fazer isso – é muito ruim.

Ele fez questão de lembrar que gostou de vários filmes de direita, como o “Sniper Americano”, de Clint Eastwood e detestou outros de esquerda, como “Lula, O Filho do Brasil”.

Para ele, no entanto, “O Mecanismo” tem um roteiro muito pobre, a narração do Selton Melo tem momentos em que não se consegue entender nada, a mixagem é problemática, enfim, tem vários problemas sérios”, disse.

Veja também:  Estreia na Netflix o documentário ‘Democracia em Vertigem’, de Petra Costa

Ao deixar o Netflix, Pablo aproveitou para indicar vários outros serviços de Streaming, como o MUBI, e fez questão de ressaltar que o Netflix está longe de ser o único e tampouco o melhor serviço do gênero à disposição no Brasil.

“As pessoas perguntam o que vão assistir, pois o Netflix oferece muitas opções. Não é verdade isso. Existem várias outras opções. O MUBI, por exemplo, ao contrário do Netflix, tem uma curadoria e você encontra filmes que não vê em lugar nenhum. Tem o Amazon Prime, que também tem uma seleção muito boa entre outros”.

Pablo falou ainda sobre a situação política atual do Brasil entre outros assuntos. Assista aqui a entrevista completa.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum