Imprensa livre e independente
08 de fevereiro de 2012, 19h45

Pacote econômico evitou nova Depressão, diz Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, 17, que o pacote de US$ 787 bilhões concedido aos bancos e financeiras norte-americanas há exato um ano atrás evitou que o país entrasse em uma recessão análoga à de 1929. Ele ainda disse que os recursos ajudaram a salvar ou a criar cerca de 2 milhões de empregos no ano passado, e ainda pode render frutos, criando 1,5 milhão de empregos em 2010. “Um ano depois, é em grande parte graças ao pacote de estímulo que uma segunda depressão não é mais uma possibilidade”, afirmou. O presidente disse em seu discurso que o...

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, 17, que o pacote de US$ 787 bilhões concedido aos bancos e financeiras norte-americanas há exato um ano atrás evitou que o país entrasse em uma recessão análoga à de 1929. Ele ainda disse que os recursos ajudaram a salvar ou a criar cerca de 2 milhões de empregos no ano passado, e ainda pode render frutos, criando 1,5 milhão de empregos em 2010.

“Um ano depois, é em grande parte graças ao pacote de estímulo que uma segunda depressão não é mais uma possibilidade”, afirmou. O presidente disse em seu discurso que o pacote "não foi uma decisão política fácil", e que ainda falta um "longo caminho".

A maior oposição ao lançamento do pacote dentro dos Estados Unidos foi feita pela bancaca republicana do Congresso. Grande parte dos recursos foi destinada a gastos sociais, cortes de impostos, além de projetos de infraestrutura, energia e educação.

Ainda assim, o país vive com uma taxa de desemprego de 10%, sendo que desde setembro de 2007, quando se iniciou a recessão nos Estados Unidos, foram perdidos 8,4 milhões de empregos.

Veja também:  Dallagnol ainda está à venda em site de palestras

Alguns críticos acusam as lidernças democratas de superestimarem a importância do pacote. Uma pesquisa recente divulgada pela rede de TV CNN aponta que somente 36% da população norte-americana acredita que o programa esteja ajudando o país.

Além do desemprego, o governo de Obama ainda enfrenta a perspectiva de um déficit recorde de US$ 1,5 trilhão para este ano, além de ser registrada queda em sua popularidade.

Com informações da BBC.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags