Imprensa livre e independente
09 de junho de 2017, 15h25

Palestrando em Paris, Henrique Meirelles é interrompido aos gritos de “golpista”

O ministro da Fazenda, um dos principais nomes cotados para uma eventual eleição indireta para presidente, participava de um Fórum Econômico América Latina e Caribe, na França, quando foi surpreendido pelo protesto. Assista  Por Redação  O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, iniciava sua fala nesta sexta-feira (9) no Fórum Econômico América Latina e Caribe, no ministério da Economia da França, em Paris, quando foi interrompido por uma mulher que estava na plateia e o chamou de “golpista”, “mentiroso” e “corrupto”. “Vocês estão acabando com o Brasil! Vai ser derrubado”, gritou a mulher, que foi retirada do local por um segurança....

O ministro da Fazenda, um dos principais nomes cotados para uma eventual eleição indireta para presidente, participava de um Fórum Econômico América Latina e Caribe, na França, quando foi surpreendido pelo protesto. Assista 

Por Redação 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, iniciava sua fala nesta sexta-feira (9) no Fórum Econômico América Latina e Caribe, no ministério da Economia da França, em Paris, quando foi interrompido por uma mulher que estava na plateia e o chamou de “golpista”, “mentiroso” e “corrupto”.

“Vocês estão acabando com o Brasil! Vai ser derrubado”, gritou a mulher, que foi retirada do local por um segurança.

Mirelles, tido atualmente como um dos prováveis nomes que concorrerão a um eleição indireta em uma suposta renúncia ou cassação de Temer, é um dos responsáveis pela agenda de reformas austeras que esta sendo encampada pelo governo.

Depois de sua fala no Fórum, o ministro da Fazenda minimizou o gesto e disse que é “normal”.

“É absolutamente normal. É um processo ao qual já estamos acostumados em Brasília, onde houve protestos com muito mais pessoas.”

Veja também:  Frota nas páginas amarelas da Veja: "O Jair fala demais"

Assista.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum