Imprensa livre e independente
08 de abril de 2014, 09h15

Para 55% dos brasileiros, Copa do Mundo trará prejuízos ao país

Pesquisa do Datafolha mostra que maioria não crê nos benefícios do Mundial de futebol

Pesquisa do Datafolha mostra que maioria não crê nos benefícios do Mundial de futebol Por Redação A quase dois meses da realização da Copa do Mundo no Brasil, o Datafolha divulgou uma pesquisa apontando o pessimismo do brasileiro com relação ao chamado “legado” do evento. Para 55% dos entrevistados, o Mundial de futebol trará mais prejuízos, enquanto que 36% creem em benefícios. Na última edição da mesma pesquisa, em junho de 2013, havia um equilíbrio. Para 44% os prejuízos seriam maiores, outros 48% acreditavam nos benefícios do Mundial para o país. Os entrevistados também responderam sobre possíveis benefícios e prejuízos...

Pesquisa do Datafolha mostra que maioria não crê nos benefícios do Mundial de futebol

Por Redação

A quase dois meses da realização da Copa do Mundo no Brasil, o Datafolha divulgou uma pesquisa apontando o pessimismo do brasileiro com relação ao chamado “legado” do evento. Para 55% dos entrevistados, o Mundial de futebol trará mais prejuízos, enquanto que 36% creem em benefícios.

Na última edição da mesma pesquisa, em junho de 2013, havia um equilíbrio. Para 44% os prejuízos seriam maiores, outros 48% acreditavam nos benefícios do Mundial para o país.

Os entrevistados também responderam sobre possíveis benefícios e prejuízos pessoais. Segundo o Datafolha, 49% acham que os prejuízos serão maiores e 31% acreditam que terão mais benefícios.

 

 

Veja também:  Raquel Dodge convoca Dallagnol para dar explicações sobre conduta na Lava Jato, diz O Antagonista

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum