Imprensa livre e independente
26 de novembro de 2018, 13h03

Pasquim terá acervo digitalizado pela Biblioteca Nacional

O acervo ficará em uma página que terá, ainda, uma coleção de memórias dos colaboradores do jornal

Foto: Reoprodução
De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, a Biblioteca Nacional está prestes a terminar a digitalização de todos os 1.072 números do Pasquim, o jornal carioca que fez história debochando da ditadura. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais O Pasquim, que circulou entre 26 de junho de 1969 e 11 de novembro de 1991, era formado por um grupo antológico de jornalistas e cartunistas como Millôr Fernandes, Ziraldo, Paulo Francis, Miguel Paiva, Claudius, Fortuna, Jaguar, Tarso de Castro, Sérgio Cabral, Henfil, Sergio Augusto entre muitos outros. O acervo ficará em uma página...

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, a Biblioteca Nacional está prestes a terminar a digitalização de todos os 1.072 números do Pasquim, o jornal carioca que fez história debochando da ditadura.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O Pasquim, que circulou entre 26 de junho de 1969 e 11 de novembro de 1991, era formado por um grupo antológico de jornalistas e cartunistas como Millôr Fernandes, Ziraldo, Paulo Francis, Miguel Paiva, Claudius, Fortuna, Jaguar, Tarso de Castro, Sérgio Cabral, Henfil, Sergio Augusto entre muitos outros.

O acervo ficará em uma página que terá, ainda, uma coleção de memórias dos colaboradores do jornal.

O portal deverá ser lançado com uma exposição sobre o Pasquim, que deve percorrer o Rio de Janeiro e São Paulo.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  Ciro: movimento Acredito, de Jorge Paulo Lemann, é "partido clandestino" e Tabata faz "dupla militância"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum