Imprensa livre e independente
15 de outubro de 2018, 07h44

Pesquisa BTG/FSB: Bolsonaro tem 59% e Haddad 41% dos votos válidos

Em votos totais, Bolsonaro aparece com 51% contra 35% de Haddad, com 5% de votos brancos ou nulos, 6% dizem não apoiar ninguém e 3% não responderam.

Foto: Montagem
Pesquisa BTG/FSB divulgada na noite desde domingo (14) mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na liderança, com 59% dos votos válidos. Fernando Haddad, do PT, tem 41%. Os números correspondem ao cenário estimulado, no qual o nome dos candidatos é citado na hora do questionário. Leia também: General da reserva faz “ameaça” para caso de “mudança nas pesquisas” Em votos totais, Bolsonaro aparece com 51% contra 35% de Haddad, com 5% de votos brancos ou nulos, 6% dizem não apoiar ninguém e 3% não responderam. No levantamento,  7% dos entrevistados disseram não conhecer o candidato do PT enquanto 8% disseram...

Pesquisa BTG/FSB divulgada na noite desde domingo (14) mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na liderança, com 59% dos votos válidos. Fernando Haddad, do PT, tem 41%. Os números correspondem ao cenário estimulado, no qual o nome dos candidatos é citado na hora do questionário.

Leia também: General da reserva faz “ameaça” para caso de “mudança nas pesquisas”

Em votos totais, Bolsonaro aparece com 51% contra 35% de Haddad, com 5% de votos brancos ou nulos, 6% dizem não apoiar ninguém e 3% não responderam.

No levantamento,  7% dos entrevistados disseram não conhecer o candidato do PT enquanto 8% disseram não conhecer o candidato do PSL.

A pesquisa mostra ainda as “razões de voto do eleitor no 2º turno”: 10% dos eleitores de Jair Bolsonaro dizem que votarão para impedir o vitória de Haddad enquanto 84% querem Bolsonaro porque acham que o candidato é a melhor opção – 6% optaram por não responder.

O instituto entrevistou, por meio de telefones fixos e móveis, 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos, nos 26 estados e no Distrito Federal entre os dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Veja também:  Vaza Jato: Dallagnol sugeriu que Moro protegeria Flávio para não desagradar Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum