O que o brasileiro pensa?
20 de maio de 2020, 12h11

Pesquisa Fórum: PT lidera com 13% de preferência entre partidos políticos

Levantamento exclusivo, realizado em parceria com a Offerwise, mostra que 70,1% dos entrevistados dizem não ter preferência partidária.

Brasília no dia da votação do impeachment que resultou no golpe contra Dilma Rousseff (Juca Varella/Agência Brasil)

Pesquisa Fórum deste mês de maio revela que a descrença dos brasileiros em relação aos partidos segue alta e chega a 70,1% dos entrevistados, que dizem não ter preferência por nenhuma legenda.

Leia também: Governo Bolsonaro tem 32% de ótimo e bom na Pesquisa Fórum de maio

Mesmo após anos de ataques sistemáticos da mídia e da direita, o PT ainda lidera com folga, com 13,8% de preferência entre os partidos políticos do brasileiro conforme a 2ª edição da Pesquisa Fórum, realizada neste maio.

O PSL, partido usado por Jair Bolsonaro para chegar ao poder, registra 4,3%, e está em segundo lugar no eleitorado numericamente à frente do PSDB, que tem 4% da preferência do eleitorado, na terceira colocação. Bolsonaro nem seus filhos já não estão mais filiados no PSL.

Velha e nova política
O levantamento mostra ainda que representantes da chamada velha política, como MDB (0,9%) e DEM (0,6%), perdem cada vez mais espaço para novas legendas, como o NOVO (1,8%) e o PSOL (1,3%). Além dos dois últimos, o PSB integra a lista dos que ficaram acima do 1% da preferência, citado por 1,2% dos pesquisados.

Apartidários
Entre os que se dizem “apartidários”, a maioria são mulheres, com 72,4% – os homens são 67,6%.

Os maiores porcentuais – acima da média de 70,1% – estão os profissionais liberais (87%) e moradores da região Sul do Brasil (75,6%).

No Nordeste estão aqueles que mais assumem sua preferência política, sendo que 20,7% dizem ter simpatia pelo PT. O PSL vem em seguida na região, com 4,2%, e o PSDB está terceira posição, com 3%, seguido de perto pelo PSB (2,6%).

Em contraponto, na região Sul o PT tem apenas 9% de preferência, o menor porcentual nacional, e o PSL chega a 6%, seu melhor resultado.

Faixa etária, Renda e Escolaridade

O índice de rejeição aos partidos é maior também entre aqueles que têm mais de 60 anos (72,8%). Aqueles que têm entre 25 e 34 anos (68,1%) e 35 a 44 anos (68,8%) são os que demonstram menor rejeição em relação à preferência partidária. E nos segmentos até 34 anos de idade o PT obtém seus melhores índices de apoio.

Os entrevistados com ensino fundamental (66,5%) e que ganham até 2 salários mínimos (64,8%) são os que mais demonstram suas preferências partidárias.

Entre os mais ricos, que ganham mais de 10 salários mínimos, 66,2% se dizem apartidários. Nesse recorte, 10,8% dizem ter preferência pelo PSOL, 8,1% pelo NOVO, 6,4% pelo PSL, 5,6% pelo PSDB, e 5,2% pelo PT.

Pesquisa Fórum, realizada em parceria com a Offerwise sob consultoria de Wilson Molinari, ouviu 1.000 pessoas de todas as regiões do Brasil entre os dias 14 e 17 de maio e tem uma margem de erro de 3,2 pontos porcentuais, para cima ou para baixo. O método de coleta foi o uso de painel online e a coleta de informações representa em parcela a população brasileira. (Saiba mais aqui sobre a metodologia.)

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum