Imprensa livre e independente
23 de junho de 2019, 14h55

PF conclui que advogado assumiu defesa de Adélio Bispo para aparecer na mídia, diz jornalista

A versão vai de encontro ao que Bolsonaro e os filhos têm divulgado nas redes sociais, de que haveria um mandante por trás do crime que estaria pagando os honorários do jurista Zanone Júnior

Adelio Bispo dos Santos (Foto: Reprodução )
O jornalista Lauro Jardim afirmou na edição deste domingo (23) do jornal O Globo que o advogado Zanone Júnior, que faz a defesa de Adélio Bispo dos Santos, teria assumido o caso gratuitamente para “faturar com os holofotes de um caso supermidiático”. Adélio Bispo dos Santos é o autor da facada que atingiu Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). Segundo Jardim, a informação de que Zanone não cobrou honorários na causa consta no relatório de investigação da Polícia Federal, que está em fase de conclusão. Zanone sustentou desde o início que o dinheiro para...

O jornalista Lauro Jardim afirmou na edição deste domingo (23) do jornal O Globo que o advogado Zanone Júnior, que faz a defesa de Adélio Bispo dos Santos, teria assumido o caso gratuitamente para “faturar com os holofotes de um caso supermidiático”.

Adélio Bispo dos Santos é o autor da facada que atingiu Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). Segundo Jardim, a informação de que Zanone não cobrou honorários na causa consta no relatório de investigação da Polícia Federal, que está em fase de conclusão.

Zanone sustentou desde o início que o dinheiro para defender Adélio lhe foi dado por “um religioso de Montes Claros (MG)”, que não queria aparecer. Porém, a Polícia Federal diz que o advogado resolveu assumir o caso de graça e inventou uma história.

A versão vai de encontro ao que Bolsonaro e os filhos têm divulgado nas redes sociais, de que haveria um mandante por trás do crime que estaria pagando os honorários do advogado.

Veja também:  Ronaldinho Gaúcho não pode sair do país, confirma Toffoli

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum