Imprensa livre e independente
24 de fevereiro de 2015, 09h29

PGR pede abertura de inquérito contra coordenador de campanha de Aécio

Janot encaminhou ao STF solicitação para investigar José Agripino Maia (DEM-RN), acusado em delação premiada de pedir propina de R$ 1 milhão para permitir esquema de corrupção no Rio Grande do Norte.

Janot encaminhou ao STF solicitação para investigar José Agripino Maia (DEM-RN), acusado em delação premiada de pedir propina de R$ 1 milhão para permitir esquema de corrupção no Rio Grande do Norte Por Redação O senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM e coordenador da campanha do ex-presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG), pode ser objeto de investigação. Na segunda-feira (24), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito contra o parlamentar. Agripino foi citado na delação premiada do empresário George Olímpio, veiculada no programa Fantástico, da TV Globo, no último domingo (22)....

Janot encaminhou ao STF solicitação para investigar José Agripino Maia (DEM-RN), acusado em delação premiada de pedir propina de R$ 1 milhão para permitir esquema de corrupção no Rio Grande do Norte

Por Redação

O senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM e coordenador da campanha do ex-presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG), pode ser objeto de investigação. Na segunda-feira (24), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito contra o parlamentar.

Agripino foi citado na delação premiada do empresário George Olímpio, veiculada no programa Fantástico, da TV Globo, no último domingo (22). Segundo o executivo, em 2010, o senador teria pedido propina de R$ 1 milhão para manter um esquema de corrupção no serviço de inspeção veicular do Rio Grande do Norte.

Devido a seu cargo de parlamentar, Agripino tem foro privilegiado. Por isso, é necessário que a PGR solicite ao STF a abertura do inquérito. O pedido foi encaminhado à ministra Cármen Lúcia, que decidirá se o aceita ou não.

Veja também:  Raquel Dodge convoca Dallagnol para dar explicações sobre conduta na Lava Jato, diz O Antagonista

De acordo com os promotores que atuam no caso, Olímpio arquitetou esquema para aprovar uma lei que torna obrigatória a inspeção veicular no estado, mesmo naqueles veículos que acabaram de sair da fábrica. Para que o projeto passasse rapidamente pelo Legislativo, o empresário diz ter contado com a ajuda do deputado Ezequiel Ferreira (PMDB-RJ), hoje presidente da Assembleia Legislativa.

(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum