Imprensa livre e independente
21 de janeiro de 2017, 11h39

Pizzaria do PR cria drink para mulheres chamado “Abridor de Pernas”

“Essa bebida foi criada para as mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação gostosa de moleza nas pernas”, dizia a propaganda do produto nas redes sociais.

“Essa bebida foi criada para as mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação gostosa de moleza nas pernas”, dizia a propaganda do produto nas redes sociais Por Redação Uma pizzaria da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, precisou se explicar com os clientes depois de fazer propaganda de um drink chamado “Abridor de Pernas”. Ele foi anunciado pela O’Porto Pizza-Bar com 30% de desconto em uma programação destinada ao público feminino. “Essa bebida foi criada para as mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação gostosa de moleza nas...

“Essa bebida foi criada para as mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação gostosa de moleza nas pernas”, dizia a propaganda do produto nas redes sociais

Por Redação

Uma pizzaria da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, precisou se explicar com os clientes depois de fazer propaganda de um drink chamado “Abridor de Pernas”. Ele foi anunciado pela O’Porto Pizza-Bar com 30% de desconto em uma programação destinada ao público feminino.

“Essa bebida foi criada para as mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação gostosa de moleza nas pernas. Não fique de fora”, dizia a mensagem publicada na página da empresa no Facebook na última terça-feira (17).

Com a repercussão negativa, responsáveis pelo estabelecimento apagaram a postagem e, no lugar, escreveram outra criticando aqueles que reclamaram da promoção. Ainda desativaram a ferramenta que avalia a página na rede social e excluíram comentários de pessoas que alertavam para o caráter machista do produto.

Veja também:  Homem espalha panfletos oferecendo ex-esposa para programas sexuais

Contudo, a atitude não impediu que o fato fosse compartilhado pelos internautas, que ressaltaram os altos índices de estupros no país e os riscos de fazer piada com um assunto tão sério.

Segundo dados da Central de Atendimento à Mulher (180), a cada sete minutos uma brasileira sofre violência. São 9,5 queixas de abuso e exploração sexual por dia. No entanto, sabe-se que a maioria dos casos sequer chega a ser registrada pelos órgãos competentes.
pizza machista

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum