Imprensa livre e independente
23 de dezembro de 2018, 11h14

Plateia pede “Lula Livre” junto com Mano Brown durante show dos Racionais. Vídeo

“Nossos ancestrais derramaram sangue no nosso país, trabalharam demais, então o país é nosso também, pois eles construíram. Sangue índio, sangue negro”, disse o rapper

Foto: Divulgação
O cantor e compositor Mano Brown pediu Lula livre e a plateia repetiu em coro, durante um show dos Racionais, em São Paulo, realizado nesta semana. Brown falou ainda que não deseja cadeia para ninguém, nem mesmo para Jair Bolsonaro e convocou a plateia: O Brasil não é sério. Quem pode transformar o Brasil são vocês, a juventude. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais “O Brasil não é sério. Quem pode transformar o Brasil são vocês, a juventude. O Brasil até hoje tem sido chacota, mas é...

O cantor e compositor Mano Brown pediu Lula livre e a plateia repetiu em coro, durante um show dos Racionais, em São Paulo, realizado nesta semana. Brown falou ainda que não deseja cadeia para ninguém, nem mesmo para Jair Bolsonaro e convocou a plateia: O Brasil não é sério. Quem pode transformar o Brasil são vocês, a juventude.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“O Brasil não é sério. Quem pode transformar o Brasil são vocês, a juventude. O Brasil até hoje tem sido chacota, mas é nosso país. Nossos ancestrais derramaram sangue no nosso país, trabalharam demais, então o país é nosso também, pois eles construíram. Sangue índio, sangue negro.”

Logo a seguir, o rapper cantou o clássico dos Racionais “Jesus Chorou”.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  Carla Zambelli, deputada de Bolsonaro, é trollada por Felipe Neto

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum