Imprensa livre e independente
14 de junho de 2019, 17h30

PM gaúcha prende 51 manifestantes: “Houve uso desproporcional de força”, diz deputado

Pelo menos 51 manifestantes foram detidos pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul em razão da Greve Geral, em Porto Alegre

(Foto: Reprodução Vídeo/ Twitter)
Pelo menos 51 manifestantes foram detidos pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul, na manhã desta sexta-feira (14), durante piquete realizado em frente à garagem de empresa de ônibus em Porto Alegre em razão da Greve Geral. Os manifestantes detidos foram levados para a 2ª Delegacia de Polícia da capital, e 45 já foram liberados depois de horas de depoimento. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo “Mais de 50 manifestantes são detidos em Porto Alegre. Vários foram encaminhados para atendimento no HGPS devido aos ferimentos causados pela Brigada Militar....

Pelo menos 51 manifestantes foram detidos pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul, na manhã desta sexta-feira (14), durante piquete realizado em frente à garagem de empresa de ônibus em Porto Alegre em razão da Greve Geral. Os manifestantes detidos foram levados para a 2ª Delegacia de Polícia da capital, e 45 já foram liberados depois de horas de depoimento.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Mais de 50 manifestantes são detidos em Porto Alegre. Vários foram encaminhados para atendimento no HGPS devido aos ferimentos causados pela Brigada Militar. O prédio está totalmente cercado por viaturas que estão levando os detentos para a segunda DP”, publicou o sindicato Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS).

O deputado estadual e presidente do PT gaúcho, Pepe Vargas, criticou a orientação do governador Eduardo Leite (PSDB) de colocar a Polícia Militar para atuar no dia da greve geral e disse que já são 70 detidos no estado. “Leite, que promete diálogo, mostra, no dia da #GreveGeral, autoritarismo. Houve uso desproporcional da força policial com despejo de violência contra trabalhadores e estudantes que se organizam nas ruas. No RS são mais de 70 presos. Resistiremos!”, publicou em sua rede social.

O repórter Vítor Rosa, da Rádio Gaúcha, disse em seu Twitter que 45 dos 51 detidos já foram liberados e que há grande confusão na DP.

Veja também:  Não vai ter troca-troca: Filho de Trump não será embaixador no Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum