De tornozeleira eletrônica, Crivella deixa prisão domiciliar e viaja de helicóptero para sepultamento da mãe

Irmã de Edir Macedo, Eris Bezerra morreu aos 85 anos e será sepultada em Simão Pereira, no interior de Minas

Marcelo Crivella - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Escrito en POLÍTICA el

De tornozeleira eletrônica, o prefeito afastado do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos) deixou a prisão domiciliar na manhã desta quarta-feira (30) para embarcar em um helicóptero rumo a Simão Pereira, em Minas Gerais, para acompanhar o sepultamento da mãe, Eris Bezerra Crivella.

Irmã de Edir Macedo, Eris Bezerra morreu aos 85 anos na última segunda-feira (28). A causa da morte não foi divulgada.

O ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), autorizou Crivella, que está preso acusado de comandar o "QG da Propina" no governo do Rio, a viajar e acompanhar o velório da mãe.

Crivella deixou o condomínio onde vive em um carro descaracterizado da polícia e, segundo assessores, estará de volta antes das 18h.

O corpo de Eris chegou à capela do Cemitério Municipal de Simão Pereira por volta das 9h30, onde será velado por amigos e familiares que moram na cidade de pouco mais de 2.500 habitantes.