Ex-prefeito do Rio, Marcelo Crivella vira réu em processo que investiga “QG da propina”

Ele é acusado de comandar um esquema de liberação de pagamentos a credores da prefeitura e direcionar licitações em troca de propina

Marcelo Crivella - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Escrito en POLÍTICA el

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), virou réu no processo que investiga o chamado “QG da propina” na prefeitura da capital carioca. Ele chegou a ser preso em dezembro de 2020, mas saiu para cumprir prisão domiciliar.

Crivella é acusado de comandar um esquema de liberação de pagamentos a credores da prefeitura e direcionar licitações em troca de propina. Junto com ele, 25 outras pessoas foram consideradas rés.

Juliana Benevides, juíza da 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado, acatou a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro.