Entre Lula e Bolsonaro, Marco Aurélio Mello diz: “Espero não estar diante dessa opção”

O ministro do STF declarou, porém, que já votou em Lula e que, na eleição presidencial de 2018, escolheu o ex-prefeito e ex-ministro Fernando Haddad na disputa com Bolsonaro

Marco Aurélio Mello - Foto: Carlos Moura/SCO/STFCréditos: STF
Escrito en POLÍTICA el

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que, em uma eventual disputa eleitoral entre Lula e Jair Bolsonaro, ele espera ter mais opções. Além disso, afirmou achar melhor aguardar o julgamento das ações do ex-presidente, nesta semana.

“Espero não estar diante dessa opção. Aguardemos até o julgamento da próxima quarta-feira da questão alusiva à nulidade por incompetência territorial da 13ª Vara Federal de Curitiba, dando o dito pelo não dito”, declarou, durante o UOL Entrevista, conduzido por Kennedy Alencar, nesta segunda-feira (12).

Marco Aurélio destacou, ainda, que já votou em Lula e que, na eleição presidencial de 2018, escolheu o ex-prefeito e ex-ministro Fernando Haddad (PT) na disputa com Bolsonaro.

Transparência

“Votei no Haddad e, revelando meu voto, sou um homem transparente. Votei no Haddad porque foi bom prefeito em São Paulo, porque ele, sendo eleito pelo PT, faria tudo ao alcance para recuperar a imagem do partido, que nós acreditamos no início que fosse um partido diferente dos demais”, ressaltou.

Na avaliação do ministro, Lula “potencializou a tentativa de corrigir desigualdades”, o que ele classificou como “aspecto muito positivo”. “Eu votei no ex-presidente Lula conscientemente”, acrescentou.