Fabrício Queiroz deve se lançar a deputado, diz colunista do Globo

O acusado pelo MP de ser o operador do esquema de “rachadinhas” no gabinete de Flávio Bolsonaro já manifestou em entrevista vontade de testar sua popularidade nas urnas

Queiroz e Bolsonaro. Foto: Reprodução do Twitter
Escrito en POLÍTICA el

Fabrício Queiroz, ex-motorista e ex-assessor da família Bolsonaro acusado de ser o operador das “rachadinhas” no gabinete do então deputado estadual e agora senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), é pré-candidato a deputado.

A informação é do colunista do Globo Bernardo Melo Franco, que a credita a um vídeo recém lançado nas redes pelo ex-assessor.

Em uma montagem de vídeos e fotos, Queiroz aparece em um clube de tiro, em manifestações bolsonaristas, em sua época como militar ao lado de Flávio e na praia sem camisa e de sunga com o presidente Jair Bolsonaro (PL).

A postagem também tem ares de campanha eleitoral e exalta o atual presidente. “Um exemplo de respeito, amizade, integridade e conduta: Esse é meu irmão, por isso estamos juntos nessa luta”, escreve Queiroz. Na parte de baixo, o nome dele e de Bolsonaro aparecem escritos em verde e amarelo.

Veja o vídeo abaixo:

https://twitter.com/pensadorestilo3/status/1480345118108495874

Indícios

Queiroz já deu indícios de que pode se lançar à disputa eleitoral em 2022. Em entrevista à repórter Juliana Dal Piva, do UOL, afirmou considerar “uma boa ideia” testar sua popularidade nas urnas.

Já em junho de 2021, quando Bolsonaro estava sem partido e negociava sua entrada no Patriota, legenda de Flávio na época, ele publicou uma foto nas redes sociais vestindo verde e amarelo e respondeu a um seguidor dizendo “é 5151”, em alusão ao número de uma possível candidatura a deputado federal pela sigla.

Notícias relacionadas

Com informações da coluna de Bernardo Mello Franco