BOLSONARO

Bolsonaro diz que se for preso entrega todo mundo, afirma colunista

Afirmação foi feita em grupo de WhatsApp pouco depois do escândalo envolvendo a falsificação da sua carteira de vacinação

Jair Bolsonaro.Créditos: Divulgação/Facebook Jair Bolsonaro
Escrito en POLÍTICA el

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou a pessoas próximas que, caso venha ser preso por ordem do STF (Supremo Tribunal Federal), pretende fazer delação premiada e entregar todo mundo.

A afirmação de Bolsonaro foi feita na semana passada, pouco depois do escândalo envolvendo a falsificação da sua carteira de vacinação, que o levou a ser alvo de uma operação da Polícia Federal (PF). O político recebeu o apoio publicamente e também no particular, mas não recebeu bem as manifestações e optou em ir para o embate.

"Ele deixou claro que se for preso, mais gente vai cair junto porque não vai segurar o rojão sozinho", confirmou um parlamentar bolsonarista.

De acordo com o parlamentar, a ameaça foi num grupo de mensagens que participam deputados, senadores e até o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto.

"Os militares estão a salvo porque o Bolsonaro é fiel à caserna e não entregaria nenhum deles. Mas deputados, senadores e ex-ministros estão com as barbas de molho", garantiu a fonte ao colunista.

Temas

STF