DEU RUIM

Carla Zambelli é abandonada por Bolsonaro e publica vídeo confuso sobre ato com MBL

A deputada foi duramente criticada por aliados após manifestar interesse em participar de manifestação organizada por desafetos do ex-presidente

Carla Zambelli é abandonada por Bolsonaro e publica vídeo confuso sobre ato com MBL.Créditos: Reprodução redes sociais
Escrito en POLÍTICA el

Está marcado para o dia 4 de junho uma manifestação organizada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) contra a atual gestão federal. A deputada Carla Zambelli (PL-SP) chegou a manifestar apoio a tal movimentação, porém, após o ex-presidente Bolsonaro vetar a participação de aliados, Zambelli voltou atrás. 

Em vídeo gravado em um quarto hospitalar, onde a parlamentar trata de uma Covid, Zambelli aparece fortemente abalada em um vídeo confuso e revela que não vai mais participar da manifestação do MBL, grupo que hoje faz parte do hall de desafetos do ex-presidente Bolsonaro. 

Quase chorando, Zambelli explica que houve uma confusão de comunicação e que ela não sabia quem eram os organizadores da manifestação. 

"Em relação a essa manifestação: quando os deputados se juntaram para falar sobre a manifestação eu estava na UTI, eu não participei da reunião em que eles falaram dessa manifestação. Na primeira reunião eu ainda estava na Coreia, não tinha voltado”, disse Zambelli, que deixa uma dúvida no ar: estava na Coreia ou na UTI?  

Posteriormente, Zambelli fala especificamente sobre o MBL e Vem Pra Rua. "Quando as pessoas falaram que não iriam para a manifestação por causa do MBL e do Vem Pra Rua, eu disse assim: 'olha, eu não acho que esse deva ser o caso, não é uma manifestação do MBL e do Vem Pra Rua, é uma manifestação pela liberdade e justiça”. 

Em seguida, Zambelli revela que, a mando de Bolsonaro, retirou o seu apoio a manifestação organizada pelo MBL. "Surgiu um fato novo: de que o presidente Bolsonaro pediu textualmente para não se fazer manifestação [...] não é pra fazer manifestação? Ok. Erramos em não conversar com Bolsonaro", disse Carla Zambelli. 

Confira abaixo a íntegra do vídeo publicado pela deputada: 

 

Carla Zambelli é internada na UTI com Covid e mente nas redes

A deputada federal bolsonarista Carla Zambelli (PL-SP) está internada na UTI de um hospital de Brasília com Covid-19. Antes da confirmação do quadro, a própria parlamentar postou nas redes sociais que teve “um mal-estar súbito” e que por isso procurou um hospital. Ela é negacionista, não se vacinou contra o Sars-Cov-2 e, segundo sua assessoria, estaria “assintomática”, embora não explique por qual razão a extremistas estaria há tantos dias internada e sob cuidados intensivos.

“Cheguei de viagem (da Coreia do Sul), descansei dois dias. Viagem exaustiva, mais de 30 horas de viagem. Quando eu tive esse mal-estar, meu médico achou melhor me internar, foi fazer vários exames”, falou inicialmente a deputada de extrema direita. Ela está na unidade de saúde internada desde a última segunda-feira (15).

A própria Zambelli explicou que estava na Unidade de Terapia Intensiva, inclusive acrescentando que a previsão de alta deste setor é para terça-feira (23), embora tenha a intenção de seguir de atestado médico mais alguns dias após voltar para casa. Ela disse que pediu ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que permita sua participação nas votações pelo modelo remoto.

Percebendo que não seria possível evitar que seu diagnóstico se tornasse público, a equipe de comunicação de Zambelli emitiu um comunicado confirmando a internação e o motivo, mas reiterando que a deputada passa bem e que realmente jamais se vacinou.

“A deputada Carla Zambelli não se vacinou contra a Covid-19 por recomendação médica e nos últimos anos, a parlamentar manteve sua imunidade em níveis elevados. É provável que tenha contraído o vírus durante sua viagem de volta da Coreia do Sul, que durou aproximadamente 24 horas. Vale ressaltar que a parlamentar encontra-se assintomática e já se passaram 5 dias desde o diagnóstico”, diz a nota oficial.