MINISTÉRIO DA RECONSTRUÇÃO DO RS

Paulo Pimenta será o chefe da autoridade federal no Rio Grande do Sul

Governo Lula instala gabinete em Porto Alegre para acompanhar e atuar diretamente no socorro à catástrofe climática e na reconstrução do Estado

Lula e Paulo Pimenta.Créditos: Ricardo Stuckert
Escrito en POLÍTICA el

O Governo Lula anunciará na próxima quarta-feira (15) o ministro Paulo Pimenta, atualmente na Secretaria de Comunicação Social (Secom), como o chefe do Ministério de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul. Trata-se de gabinete de autoridade federal instalado em Porto Alegre para acompanhar e atuar diretamente no socorro à catástrofe climática e na reconstrução do Estado.

A informação foi confirmada pelo próprio Pimenta à Revista Fórum e já circula em diversos meios de comunicação brasileiros. O nome foi escolhido diretamente pelo presidente Lula (PT), que fará o anúncio a criação do novo Ministério.

Enquanto Pimenta, que é oriundo do PT gaúcho, atua como ministro da reconstrução do RS, a chefia da Secom será exercida interinamente por Laércio Portela, seu secretário-adjunto.

Pimenta e o novo ministério ficarão incumbidos de dialogar diretamente com as autoridades gaúchas, representando o Planalto nas questões relacionadas às ações que serão levadas a cabo após a catástrofe provocada pelas chuvas e enchentes.

Todo o processo de reconstrução e recuperação daquilo que foi devastado, passando aí por questões financeiras, também passará pelas mãos do novo ministro. O Ministério, por outro lado, deve ser extinto tão logo sua missão for cumprida. A princípio Pimenta calcula que levará de quatro a seis para concluir a tarefa.