ABJD-CE aciona Justiça para obrigar Bolsonaro a cumprir medidas sanitárias durante viagem ao Ceará

O presidente visita o estado na sexta-feira; em suas andanças durante a pandemia é possível ver grandes aglomerações de pessoas sem máscara

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia – Núcleo Ceará (ABJD-CE) solicitou que a Procuradoria-Geral de Justiça do Estado determine que o presidente Jair Bolsonaro e sua equipe cumpram as devidas medidas sanitárias de distanciamento social durante visita às cidades de Fortaleza e Tianguá, na sexta-feira (25).

“A ABJD requer que sejam tomadas todas as providências cabíveis, inclusive diligências de natureza policial e judicial, se necessário, fazendo valer as leis federais e estaduais criminais e médico-sanitárias competentes, para o fim de garantir que não aconteçam aglomerações de pessoas durante a passagem do presidente da República pelo estado no Ceará”, diz trecho do documento enviado ao Procurador.

A entidade pede que a comitiva presidencial cumpra com os requisitos do Decreto Estadual no Ceará, nº 33.936 de 17/02/2021, tendo em vista a situação crítica do estado diante da pandemia do novo coronavírus.

Nas viagens de Bolsonaro é bastante comum ver grandes aglomerações de pessoas sem máscara e sem qualquer tipo de controle sanitário. A ABJD teme que o presidente crie um foco de proliferação da doença.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR