Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de julho de 2019, 11h49

Abraham Weintraub anuncia “ENEM digital”, quatro vezes por ano; mudanças podem acabar com o exame

Ministro da Educação do governo Bolsonaro, Abraham Weintraub quer substituir modelo de quatro eixos temáticos e uma redação para um exame personalizado por carreira, pondo fim à escolha posterior à prova

Abraham Weintraub e Bolsonaro (Foto: Divulgação/MEC)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub anunciou que a partir de 2020 vai começar o piloto do ENEM Digital que pretende contar com quatro edições por ano e substituir o exame em papel até 2026. Além disso, deve haver uma mudança no conteúdo, com “itinerários formativos” adaptados.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Com a mudança anunciada pelo Inep, o ENEM do ano que vem já terá uma versão digital que deve acontecer nos dias 11 e 18 de outubro de 2020. O candidato que se inscrever pode optar pelo Enem Tradicional ou mudar para a invenção de Weintraub.

O projeto também busca “diluir” o ENEM em até quatro edições. Inicialmente a proposta é avançar para duas provas digitais anuais e uma física em 2021 e depois excluir a versão tradicional e aplicar quatro avaliações digitais.

Outra mudança que vai impactar o exame é a substituição do modelo de quatro eixos temáticos (Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Matemática) e uma redação para um exame personalizado com a carreira que o participante desejar seguir, rompendo com a escolha posterior à prova.

O governo de Dilma Rousseff chegou a criar um planejamento para a implementação de um Enem Digital conjugado com um Enem tradicional aplicado mais de uma vez ao ano, mas o impeachment interrompeu esse projeto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum