#Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de maio de 2017, 12h41

Accioly, padrinho de Aécio e amigo de Mainardi e Huck, será investigado pela PF

Acioly é o mesmo que foi citado pelo ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, em delação premiada, jantando com Aécio e Diogo Mainardi no restaurante Gero, no Rio de Janeiro.

Acioly é o mesmo que foi citado pelo ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, em delação premiada, jantando com Aécio e Diogo Mainardi no restaurante Gero, no Rio de Janeiro.

Da Redaçao

Alexandre Accioly, padrinho de casamento de Aécio Neves, será investigado pelo Ministério Público Federal. Acioly é o mesmo que foi citado pelo ex-vice presidente da Odebrecht, Henrique Valladares, em delação premiada, jantando com Aécio e Diogo Mainardi no restaurante Gero, no Rio de Janeiro.

O apresentador de TV, Luciano Huck, é outro que tenta apagar de seu perfil nas redes sociais fotos ao lado do empresário.

A PF interceptou ligações entre o Aécio e alguém identificado pelo codinome “Moreno” entre 29 e 30 de abril – a PF acredita que esse interlocutor nas conversas seja Accioly.

Uma das pistas da PF é que uma das ligações é atendida pelo filho de Accioly e Aécio diz à menina que é o “dindo”, o padrinho que quer falar com o pai da criança. Em delação, um executivo da Odebrecht afirmou que Accioly é dono de uma conta em Cingapura, na qual havia sido depositada parte das propinas recebidas por Aécio.

Em uma conversa em código, Neves fala sobre um “passeio de moto” e “motoqueiros malucos”: De acordo com as deduções feitas pela PF, motoqueiros seriam “delatores” e “passeio de moto” seria delação. A alusão aos malucos se refere aos executivos da Andrade Gutierrez que se adiantaram e prestaram depoimento antes mesmo da convocação do MPF.

Aécio Neves: Deixa eu te falar, cara. Não sei se vai ser simples… mas eu precisava que você tentasse dar uma procurada lá na… naquele negócio do passeio de moto, sabe?
Moreno: Unhum
Aécio Neves: Naquela organização que a gente ia fazer em julho.
Moreno: Unhum.
Aécio Neves: É. Porque… você viu nos jornais hoje?
Moreno: Mais ou menos. Uma parte sim, outras… algumas outras coisas aí.
Aécio Neves: É não. É não. Tem uns negócios listados que o cara ia ser o guia, sabe? [inaudível]
Moreno: Unhum. Sei.
Aécio: Procurou para… pra fazer o roteiro, entendeu? Ainda…
Moreno: Tá.
Aécio Neves: E eu tô sem nenhuma…sabe… informação que, que por conta daquelas coisas, daqueles malucos lá, sabe?
Moreno: Unhum.
Aécio Neves: Aqueles motoqueiros malucos que falaram qualquer coisa. Em vez de chamar, eles resolveram se antecipar, sabe?

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum