Fórumcast #19
26 de outubro de 2017, 09h11

ACM Neto participa de congresso do MBL, que fez campanha chamando Caetano de pedófilo

A Fórum perguntou se o prefeito de Salvador não se constrange de participar de um evento de um grupo que ataca um ídolo da cultura baiana de forma tão agressiva e violenta e até o momento não obteve resposta

A Fórum perguntou se o prefeito de Salvador não se constrange de participar de um evento de um grupo que ataca um ídolo da cultura baiana de forma tão agressiva e violenta e até o momento não obteve resposta

Da Redação

No próximo domingo (29), o Movimento Brasil Libre (MBL), aquele mesmo grupo que acusou o cantor e compositor Caetano Veloso de pedófilo, vai realizar um congresso justamente na Bahia. De acordo com o material de divulgação, um dos participantes do evento será, nada menos do que o próprio prefeito de Salvador, ACM Neto.

A Fórum enviou perguntas à assessoria de comunicação da prefeitura de Salvador para saber se o prefeito confirma a ida ao congresso, se concorda com a acusação de pedófilo que o grupo faz a Caetano e se não se constrange de participar de um evento de um grupo que ataca um ídolo da cultura baiana de forma tão agressiva e violenta.

Até o momento a prefeitura de Salvador não se pronunciou.

De acordo com material de divulgação, além do prefeito, participarão ainda do evento o vice-prefeito da cidade, Bruno Reis, os vereadores Cezar Leite, de Salvador, e Zé Ilton de São Desidério, chamados de “fundadores do MBL”, o deputado federal João Gualberto, o vereador de Salvador Alexandre Aleluia, além do vereador de São Paulo, Fernando Holiday e Arthur do Val, do canal MAMÃEFALEI.

Veja também:  Vídeo: Governador de Alagoas, Renan Filho esculhamba repórter da Globo

Foto: Valter Pontes / SECOM


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum