Advogado olavista interrompe Moraes para defender Kassio Nunes e leva invertida de Fux

Alexandre de Moraes também reclamou da postura do advogado durante sessão do STF que julga a reabertura de igrejas durante a pandemia

O advogado Taiguara Fernandes de Sousa, colunista do portal olavista Brasil Sem Medo e representante de associação católica no processo que pede a reabertura de igrejas durante a pandemia, causou irritação no Supremo Tribunal Federal (STF) ao interromper o voto do ministro Alexandre de Moraes durante sessão realizada nesta quinta-feira (8) para fazer um desagravo em favor do ministro Kassio Nunes Marques.

“Eu pedi a palavra para desagravar o ministro Kassio pela falta de urbanidade. Tem um advogado presente que estava o tempo todo revirando os olhos, fazendo careta”, disse Taiguara. Nunes Marques foi o primeiro a votar nesta quinta e defendeu a manutenção das igrejas abertas, contrariando o relator Gilmar Mendes.

O presidente do STF, Luiz Fux, respondeu demonstrando clara irritação: “Ministro Kassio não precisa de desagravo de advogado porque a própria Corte o faz. Ministro Alexandre, pode prosseguir”.

Ao retomar a palavra, Moraes criticou o advogado. “É difícil ser interrompido no meio do voto por um pedido de desagravo. Acho que o respeito ao tribunal vem faltando por uns advogados desde ontem”, disse.

“Os advogados têm todo o respeito do tribunal e agora eu espero que eles aguardem o julgamento. Isso aqui não é jogo de futebol para um desagravar, gritar, falar no momento em que queiram. Espero que possa falar sem os advogados interromperem com supostas questões de ordem”, completou.

Moraes acompanhou Mendes em seu voto. “A função da liberdade religiosa também é afastar o Estado laico de ter de levar em conta dogmas religiosos para tomar decisões fundamentais à sobrevivência dos cidadãos. O Estado não se mete na fé. A fé não se mete no Estado”, afirmou. “Mesmo na idade média os grandes líderes religiosos defenderam, no momento das pandemias, o fechamento de igrejas. A necessidade de isolamento. Defenderam a transformação de igrejas e templos em hospitais”, disse ainda.

Até o momento, o placar está em 2×1. Faltam 8 votos.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.