Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de janeiro de 2020, 22h03

Agência de dados desmente Bolsonaro e diz que governo atrasou decisão do TCU

"O atual governo tentou barrar a divulgação dos dados, apresentando recursos que atrasaram a decisão final do TCU", denunciou a Fiquem Sabendo

Bolsonaro e a caneta Bic (Arquivo/PR)

A agência de dados públicos Fiquem Sabendo (FS) usou as redes sociais nesta segunda-feira (13) para criticar o presidente Jair Bolsonaro por tentar assumir a responsabilidade de uma decisão que ele próprio tentou atrapalhar. Segundo a agência, a divulgação de dados de remuneração de pensionistas por parte da Controladoria-Geral da União (CGU) foi conseguida através do Tribunal de Contas da União (TCU) e não partiu de Bolsonaro.

“O presidente Jair Bolsonaro publicou que ele teria mandado abrir os dados de remuneração de pensionistas ‘em defesa do interesse público e do combate à corrupção’. Estes dados só foram publicados por decisão do TCU – após o órgão acatar denúncia feita pelo FS há 3 ano”, denunciou a agência.

Em postagem feita na noite desta segunda-feira, o presidente tentou reivindicar a autoria da decisão. “Tenho determinado aos meus ministros, em especial à CGU, que fortaleçam a transparência em defesa do interesse público e combate à corrupção. Por esse motivo, publicamos, em dados abertos, a remuneração dos servidores aposentados e pagamentos aos pensionistas do Poder Executivo”, declarou Bolsonaro.

Segundo a FS, o governo ainda tentou impedir a concretização da decisão do TCU.  “Pelo contrário, o atual governo tentou barrar a divulgação dos dados, apresentando recursos que atrasaram a decisão final do TCU. Em setembro, o tribunal acatou os nossos argumentos por unanimidade e deu 60 dias para que o governo publicasse os dados”, disse.

“Embora os dados tenham sido publicados no dia 3/12/2019 no portal de dados abertos do Ministério da Economia  – o presidente Jair Bolsonaro só descobriu depois que publicamos na nossa newsletter e a repercussão gerada!”, destacou a agência.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum