O que o brasileiro pensa?
17 de junho de 2020, 14h04

Alexandre de Moraes lê ameaças que recebe em votação sobre fake news: “Que estuprem as filhas dos ministros”

"Em nenhum lugar do mundo isso é liberdade de expressão. Isso é bandidagem", afirmou Moraes

Alexandre de Moraes - Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Durante votação sobre o prosseguimento do inquérito que investiga ataques por meio de fake news, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), listou nesta quarta-feira (17) diferentes ameaças que recebe através das redes. Para ele, ataques são “bandidagem”, e não liberdade de expressão.

“’Que estuprem e matem as filhas dos ordinários ministros do STF’. Em nenhum lugar do mundo isso é liberdade de expressão. Isso é bandidagem, criminalidade. Postado por uma advogada do Rio Grande do Sul, incitando o estupro”, citou Moraes.

“’Quanto custa atirar à queima roupa nas costas de cada filho da p# ministro do STF que queira acabar com a prisão em segunda instância. Se acabar com a segunda instância, só nos basta jogar combustível e tocar fogo do plenário com os ministros dentro’ . Onde está aqui a liberdade de expressão?”, questionou.

Moraes foi o segundo a votar sobre a legalidade do inquérito. Ao todo, três ministros já se manifestaram a favor do prosseguimento das investigações: Moraes, o ministro Luís Roberto Barroso e o ministro Edson Fachin, relator do caso. O julgamento foi suspenso e deve ser retomado à tarde.

Confira:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum