O que o brasileiro pensa?
22 de junho de 2020, 15h05

Alexandre de Moraes relatou ação que tira foro especial de Carlos Bolsonaro

Para o ministro, vereadores não têm a mesma prerrogativa dos deputados estaduais e devem ser julgados por um juiz de primeira instância

Foto: Reprodução/YouTube

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram na sexta-feira (19), por unanimidade, em retirar o foro especial do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), investigado por “rachadinha” em seu antigo gabinete.

Atualmente, o caso do filho do presidente é conduzido pelo gabinete do procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem. No entanto, ministros avaliaram que vereadores não têm a mesma prerrogativa dos deputados estaduais e devem ser julgados por um juiz de primeira instância.

Além do esquema de rachadinha, Carlos também é investigado por suspeita de empregar funcionários fantasmas, assim como seu irmão, Flávio Bolsonaro.

O relator da votação no STF foi o ministro Alexandre de Moraes, cujo voto foi referendado pelos ministros Luiz Fux, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso. Ministros ainda podem se manifestar ao longo de uma semana após a apresentação do voto do relator.

Com informações de Italo Nogueira, da Folha de S.Paulo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum