Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de julho de 2019, 12h35

Alexandre Frota critica Damares Alves por medida contra estupros no PA: Construir fábrica de calcinhas

Após visita à Ilha de Marajó, Damares revelou, em Brasília, que as meninas da região são estupradas porque não usam calcinha: "Elas não usam calcinha porque são pobres”

Alexandre Frota e Damares Alves (Montagem)

Fazendo oposição ao governo dentro do PSL – partido que elegeu Jair Bolsonaro -, o deputado Alexandre Frota (PSL-SP) criticou neste sábado (27) a medida anunciada pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para combater os altos índices de estupro na Ilha de Marajó, no Pará.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Eu já ouvi muita coisa nessa vida mas a Ministra Damares superou tudo. Na Ilha do Marajó casos absurdos de estupro vem acontecendo e a Ministra foi até lá mas não criou uma força tarefa com justiça e Polícia , ela disse que precisaria construir na ilha uma fábrica de calcinhas”, tuitou Frota.

Após visita à ilha, Damares revelou, em Brasília, nesta quarta-feira (24) que as meninas da região são estupradas porque não usam calcinha.

“Especialistas chegaram a falar para nós que as meninas lá são exploradas porque elas não têm calcinhas, elas não usam calcinha porque são pobres”, disse a ministra.

Para Frota, o raciocínio de Damares mostra que ela considera as mulheres culpadas pela violência sexual.

“A Ministra Damares foi até a Ilha do Marajó para entender a quantidade de estupros ocorridos por lá. Disse que as mulheres da ilha andam sem calcinha por isso acontecem os estupros vejam isso e aconselhou a construção de uma Fábrica de calcinhas. Ou seja as mulheres são culpadas?”, indagou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum