Fórum Educação
22 de Maio de 2020, 20h16

Allan dos Santos sugere camiseta com frase criminosa de Weintraub

"Além do seu destacado grau de incivilidade e de inaceitável grosseria, que tal afirmação configuraria possível delito contra a honra", disse Celso de Mello em decisão

Reprodução

O blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre, exaltou uma frase dita pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante a reunião ministerial de 22 de abril, revelada nesta sexta-feira (22).

“Quem será o visionário a fazer as seguintes camisas? 1. ‘Tem que vender essa (Banco do Brasil) porra logo‘; 2. Por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando pelo STF'”, escreveu.

A frase de Weintraub, que ataca o STF, foi destacada pelo ministro Celso de Mello, responsável por levantar o sigilo do conteúdo.

“Constatei, ocasionalmente, a ocorrência de aparente prática criminosa do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que referiu aos ministros do Supremo Tribunal Federal no seguintes termos…”, diz trecho do despacho, do ministro.

“Essa gravíssima aleivosia perpetrada por referido Ministro de Estado,
consubstanciada em discurso contumelioso e aparentemente ofensivo ao
patrimônio moral dos Ministros da Suprema Corte brasileira (“Eu, por mim,
botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF”) – externada em plena reunião governamental ocorrida no próprio Palácio do Planalto, que contou com a presença de inúmeros participantes –, põe em evidência, além do seu destacado grau de incivilidade e de inaceitável grosseria, que tal afirmação configuraria possível delito contra a honra (como o crime de injúria)”, afirma ainda o magistrado.

LEIA AQUI A DECISÃO NA ÍNTEGRA


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum