O que o brasileiro pensa?
27 de maio de 2020, 13h03

Alvo da ação da PF, Sara Winter diz nas redes sociais que está “praticamente incomunicável”

Indignadíssima, ela pergunta, também usando as redes, se apenas militantes "de um lado" serão presos

Reprodução

A bolsonarista Sara Winter, se comunicando pela internet, reclamou que está “praticamente incomunicável” devido à apreensão de seu celular e notebook na operação deflagrada pela PF na investigação Fake News.

Indignadíssima, ela pergunta, também usando as redes, se apenas militantes “de um lado” serão presos. “Estou aguardando o mandado de busca e apreensão na casa da Dilma, Lula, Stédile, Boulos, Manuella D’ávilla, José Dirceu, Felipe Neto e demais militantes e políticos de esquerda. Ou só vale pra um lado? #CensuraDoSTF

A investigação foi aberta no dia 14 de março de 2019, por portaria assinada por Dias Toffoli, presidente do Supremo, e trata de ameaças, ofensas e fake news disseminadas contra integrantes da Corte e seus familiares. As apurações já atingiram ao menos 12 pessoas, entre deputados federais, estaduais e empresários bolsonaristas.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum